bento Sustentabilidade 

Frutos do Cerrado geram renda para comunidades locais.

Por: WWF Brasil.  Foto: Bento Viana/ WWF-Brasil Produção sustentável no Mosaico Sertão Veredas Peruaçu alcançou bons resultados. O extrativismo vegetal sustentável é uma alternativa viável de agregação de renda para as comunidades locais aliada à segurança alimentar mundial e à conservação e respeito ao meio ambiente. A atividade, segundo o último Censo Agropecuário divulgado em 2006, é responsável por 70% da produção nacional de alimentos, ou seja, mais da metade dos alimentos que vai para a mesa do brasileiro é proveniente desse setor. Mas, apesar desse dado, iniciativas produtivas encampadas por…

Leia Mais
rio2.jpg.640x340_q85_crop Esportes 

Atletas podem contrair doenças nas ‘águas olímpicas’ do Rio, diz agência

AP diz que achou bactérias de esgoto em locais de competições olímpicas. Brasileiro do Inea afirma que segue norma de qualidade para uso recreativo. Por: G1. Foto: Felipe Dana/AP Os atletas que vão competir nos Jogos Olímpicos de 2016 terão que nadar e velejar em águas tão contaminadas por fezes humanas que se arriscarão a contrair alguma doença e não poder concluir as provas, de acordo com uma investigação da Associated Press. Uma análise da qualidade da água encomendada pela AP encontrou níveis perigosamente altos de vírus e bactérias de esgoto…

Leia Mais
pipiripau_5.jpg.640x340_q85_crop Sustentabilidade 

Produzir sem degradar: o meio ambiente agradece!

Por: WWF Brasil Fátima Cabral nasceu no Rio Grande do Sul, mas foi no Cerrado que construiu sua vida e onde conheceu a importância de conservar o solo e a água. A 50 km de Brasília, em Planaltina ou, mais especificamente, na comunidade Pipiripau II mora a agricultora Fátima Cabral. Nasceu no Rio Grande do Sul, mas foi no Cerrado que construiu sua vida e onde conheceu a importância de conservar o solo e a água. D. Fátima, como todos a conhecem, vive às margens da bacia do rio Pipiripau,…

Leia Mais
Z Ciência e Tecnologia 

Pesquisadores desenvolvem aplicativo de celular para apoiar no diagnóstico de malária.

Por: Diego Freire | Agência FAPESP. Foto: Diego Freire A solução desenvolvida pelos pesquisadores automatiza a detecção do parasita e sua contagem a partir de esfregaços de sangue. Com o objetivo de facilitar o diagnóstico de malária em áreas remotas do globo, está sendo desenvolvido por pesquisadores da Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos um aplicativo para smartphones que utiliza um sistema automatizado para detecção e contagem de parasitas da doença. A tecnologia foi apresentada no IEEE International Symposium on Computer-Based Medical Systems (CBMS), realizado, com apoio da FAPESP, de 22 a 25 de junho…

Leia Mais
torre-de-agua-ar.jpg.640x340_q85_crop Sustentabilidade 

Arquiteto cria torre que coleta água potável a partir do ar.

Por: Taís Laporta (G1). Foto: Divulgação/Architecture and Vision Estrutura foi desenvolvida para beneficiar comunidades carentes na Etiópia. Cerca de um terço da população mundial não tem acesso a água limpa. Um projeto criado na Itália pode ajudar a ampliar o acesso a água potável em locais afetados pela falta de chuvas. Pelo menos um terço da população mundial – cerca de 2,4 bilhões de pessoas – ainda não consome água tratada, segundo relatório da Unicef e da World Health Organization (WHO) divulgado em junho. O arquiteto e designer italiano Arturo Vittori criou…

Leia Mais
boto-cor-de-rosa-jogo.jpg.640x340_q85_crop Educação 

Jogo online conscientiza crianças e jovens para proteção do boto cor-de-rosa.

Por: Alana Gandra (Agência Brasil). Foto:World Animal Protection/Divulgação Um jogo online gratuito, criado pela organização não governamental (ONG) World Animal Protection, está sendo usado como ferramenta de educação e comunicação em comunidades da Amazônia para conscientização de crianças e jovens sobre a necessidade de preservação do boto cor-de-rosa, animal símbolo da região. Denominado Apú e o Espírito do Rio, o jogo é parte da campanha lançada na América Latina para proteção dessa espécie de boto. O problema, disse o coordenador de Campanhas de Vida Silvestre da ONG, Roberto Vieto, é que “o boto cor-de-rosa…

Leia Mais
ZOIO Ciência e Tecnologia 

Brasileiro tem interesse, mas baixo nível de informação sobre ciência.

Por: Elton Alisson (Agência FAPESP). Foto: Léo Ramos/FAPESP A pesquisa apontou que uma parcela muito pequena da população consegue lembrar o nome de algum cientista brasileiro importante. Os brasileiros apresentam atitudes positivas em relação à ciência e tecnologia (C&T) e manifestam ter grande interesse por esses temas. O acesso à informação científica e tecnológica, contudo, especialmente nas camadas sociais de menor escolaridade e renda no Brasil, ainda é bastante limitado. As constatações são da quarta edição da pesquisa “Percepção pública da ciência, tecnologia e inovação no Brasil, 2015”, realizada pelo Centro de Gestão…

Leia Mais
21486.jpg.640x340_q85_crop Educação 

Uma ponte entre ensino e pesquisa

Ingrid (em destaque), do SESI, participou do grupo que, sob a orientação da pós-doutoranda Lilian, cultivou em laboratório células de um rim humano. Por: Noêmia Lopes (Agência FAPESP). Foto: CTC/USP Em 2001, Ádamo Davi Diógenes Siena tinha 12 anos e queria ser goleiro de futebol. Ele estudava na rede pública de ensino de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, e não imaginava que participar de um programa sobre pesquisa científica daria um novo rumo aos seus sonhos de criança. Foi naquele ano que Siena conheceu a Casa da Ciência, então recém-criada no…

Leia Mais
portal Ciência e Tecnologia 

Empresa cria sistema computacional para seleção de plantas

Instalado em um dispositivo eletromecânico, software permite classificar mudas de acordo com potencial de crescimento. Por: José Tadeu Arantes (Agência FAPESP). Foto: Divulgação Um sistema computacional capaz de analisar imagens de mudas de plantas ornamentais e classificá-las de acordo com seu nível de qualidade já está disponível no país. Criado para a classificação de mudas de violeta, mas podendo ser adaptado a outras variedades vegetais, o sistema foi desenvolvido pela empresa MVisia, com apoio da FAPESP por meio do programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). “A partir das fotos das mudas, nosso…

Leia Mais
sistema-computacional-para-selecao-de-plantas.jpg.640x340_q85_crop Ciência e Tecnologia 

Empresa cria sistema computacional para seleção de plantas.

Por: José Tadeu Arantes (Agência FAPESP). Foto: Divulgação Instalado em um dispositivo eletromecânico, software permite classificar mudas de acordo com potencial de crescimento. Um sistema computacional capaz de analisar imagens de mudas de plantas ornamentais e classificá-las de acordo com seu nível de qualidade já está disponível no país. Criado para a classificação de mudas de violeta, mas podendo ser adaptado a outras variedades vegetais, o sistema foi desenvolvido pela empresa MVisia, com apoio da FAPESP por meio do programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). “A partir das fotos das mudas, nosso…

Leia Mais