drones Ciência e Tecnologia 

Drones: novo caminho para a conservação ambiental.

Por: WWF Brasil Com capacidade de coletar dados e imagens de alta resolução, a tecnologia dos Veículos Aéreos Não Tripulados (os Vant’s, popularmente conhecidos como drones), pode ser uma ferramenta de trabalho para organizações que cuidam do meio ambiente. Os desafios são muitos, especialmente de natureza legal, mas a necessidade de inovações que contribuam para a proteção e monitoramento dos animais e das florestas motivou o WWF-Brasil, juntamente com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e outros parceiros, a iniciar o Projeto Ecodrones Brasil.   Com lançamento…

Leia Mais
peixes-migram.jpg.640x340_q85_crop Aquecimento Global 

Estudo diz que peixes terão que migrar se temperatura global subir.

Por: G1. Foto: Divulgação/Daniel Botelho Pesquisa destaca necessidade de limitar as emissões de gases prejudiciais. ‘Quanto mais esperarmos, haverá menos chances’, alerta pesquisador. A mudança climática obriga os peixes a abandonar seus habitats tradicionais para buscar águas mais frias, e cada vez mais espécies podem ser afetadas se não forem cumpridos os objetivos de controle do aumento das temperaturas no planeta. Uma equipe de pesquisadores estudou o futuro dos oceanos sob dois cenários de mudança climática: um no qual o aquecimento atmosférico se limite a 2ºC antes de 2010, como afirmam…

Leia Mais
himalaia.jpg.640x340_q85_crop Mudanças Climáticas 

Himalaias ‘encolhem’ após terremoto no Nepal.

Por: Navin Singh Khadka (BBC). Foto: Narendra Shrestha/Epa/Efe Satélite mostra que a área da cordilheira caiu cerca de 0,7 m – 1,5 m. O forte terremoto que atingiu o Nepal reduziu os Himalaias em cerca de 1 metro, disseram cientistas. Eles alertam, no entanto, que a mudança ainda tem que ser confirmada por pesquisas na área, dados aéreos ou dados de GPS. “O trecho principal que teve sua altura reduzida é um trecho de 80-100 km do Langtang Himal (a noroeste da capital, Katmandu)”, disse Richard Briggs, geólogo do Serviço Geológico dos…

Leia Mais
peru Meio Ambiente 

Depois do Brasil, Peru lidera desmatamento da Amazônia.

Por: Blog do Infoamazonia. Foto: Terra-i O Peru encerrou 2014 com 112,8 mil hectares a menos de floresta amazônica em relação a 2013. A perda representa 0,15% da cobertura do bioma no país e fez a nação ficar na liderança dos desmatadores entre os oito países que, além do Brasil, dividem a Amazônia. Os dados são do projeto Terra-i, iniciativa de cinco organizações de pesquisa que mapeia alterações da cobertura vegetal em tempo “quase real” na América Latina. O desmatamento brasileiro oficial em 2014 foi quatro vezes maior, de 480…

Leia Mais
australia-corais.jpg.640x340_q85_crop Meio Ambiente 

Austrália defende plano para proteger Grande Barreira de Corais.

Por: G1. Foto: Sarah Lai / AFP País quer evitar que a Unesco catalogue ecossistema como patrimônio em risco. Maior recife de corais do planeta está em lista de patrimônios mundiais. A Austrália defendeu nesta sexta-feira (29) seu plano para proteger a Grande Barreira de Corais, o arrecife mais extenso do mundo, com o objetivo de evitar que a Unesco catalogue este ecossistema como patrimônio natural em risco. Em 2013, a Unesco expressou sua inquietação sobre as crescentes ameaças enfrentadas pela Grande Barreira, um local onde habitam muitas espécies marinhas e…

Leia Mais
madeira desm. Meio Ambiente 

170 milhões de hectares de floresta devem desaparecer no mundo.

Por: O Progresso Os biomas Amazônia, Mata Atlântica e Cerrado estão mencionados no relatório divulgado hoje pela Rede WWF. Onze lugares do mundo – dos quais 10 estão localizados na região tropical – serão responsáveis por mais de 80% da perda mundial de florestas até 2030, de acordo com uma pesquisa divulgada hoje pela Rede WWF. Até 170 milhões de hectares de florestas poderão desaparecer entre 2010 e 2030 nessas “frentes do desmatamento”, caso se mantenha a tendência atual, segundo as descobertas reveladas no último capítulo da série Relatório Florestas…

Leia Mais
agua boa Meio Ambiente 

Água é melhor em área protegida do que em comunidade rural no litoral do PR.

por: NQM Comunicação O rio Morato, que nasce na Reserva Natural Salto Morato e corta a comunidade do Morato, em Guaraqueçaba, no litoral do Paraná, ‘esconde’ dois tipos de água em sua extensão de 12 quilômetros. Na parte próxima à nascente, dentro da Reserva, área natural protegida inserida na Mata Atlântica, a água é transparente, limpa e de boa qualidade para as espécies que dela sobrevivem ou que nela habitam. Na parte em que o rio corta a comunidade, onde vive cerca de 200 pessoas, a água apresenta elementos que indicam menor qualidade, segundo os critérios estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio…

Leia Mais
sapo montanha Meio Ambiente 

Cientistas descobrem novos sapos em montanhas na Mata Atlântica de SC.

por: NQM COMUNICAÇÃO Com tamanhos que variam de 1 cm a 2,5 cm, eles pertencem ao gênero Melanophryniscus e vivem em grandes altitudes e em meio de bromélias terrestres. Três novas espécies de sapos foram descobertas na Mata Atlântica em Santa Catarina, sul do Brasil, entre as cidades de Garuva e Blumenau. A descoberta ocorre no momento em que os principais líderes mundiais se reúnem na Conferência do Clima (COP21), em Paris, para definir um novo acordo global que evite o aumento da temperatura na Terra e as suas consequências….

Leia Mais
coral Meio Ambiente 

Esperança para a Grande Barreira de Corais da Austrália.

A pesquisa aponta que os caranguejos não erradicam a doença, cujos mecanismos continuam sendo pouco conhecidos, mas contribuem para retardá-los. Estudo conduzido pela Escola de Biologia Marinha da Universidade James Cook, na Austrália, mostra que o “caranguejo peludo de coral” (Cymo melanodactylus) tem virtudes profiláticas contra o branqueamento da grande Barreira de Corais do país. O branqueamento, ou  a perda de pigmentos e de algas associadas aos tecidos dos corais, é o principal sintoma de uma doença mortal presente em todo o perímetro Indo-Pacífico. A pesquisa aponta que os caranguejos…

Leia Mais
deserto.jpg.640x340_q85_crop Mudanças Climáticas 

Deserto Brasileiro A desertificação já alcança a marca 18,7 mil km² em território nacional.

Percorrendo a BR 230, passando pelo Ceará e Piauí, é possível ver um espetáculo da natureza. Os pastos, os gados, a paisagem tão sofrida da seca que dão nova forma a terra, algo tão bonito, mas de beleza somente vista pelos olhos daqueles que não conhecem a realidade da região. Quem vive lá, e convive com os problemas da terra, sabe que aquelas deformações, muito além de manifestações do meio ambiente, são a marca da presença do homem. Áreas que sofreram com o uso inadequado do solo e da água…

Leia Mais