espaço Cultura 

Novo auditório na Reserva Natural Salto Morato, no litoral norte do Paraná, será um espaço para fomentar ações ligadas à conservação da natureza 

 

O espaço tem capacidade de 40 pessoas e todos os recursos disponíveis nele permitirão a realização de seminários, aulas de campo e eventos diversos. Foto: Fundação Grupo Boticário

 

A Reserva Natural Salto Morato, localizada no município de Guaraqueçaba, a 163 quilômetros de Curitiba, ganhou umnovo espaço em suas instalações, que estimulará discussões sobre temas ligados ao meio ambiente e conservação da biodiversidade. O auditório Morato foi inaugurado na última terça-feira (18) na Reserva Natural Salto Morato.

 

O espaço tem capacidade de 40 pessoas e todos os recursos disponíveis nele permitirão a realização de seminários, aulas de campo e eventos diversos, cujos objetivos sejam fundamentados na conservação da natureza e na melhoria da qualidade de vida das pessoas. “O nosso objetivo é que os atores ligados à conservação da natureza, sejam instituições privadas ou órgãos públicos, utilizem esse espaço para criar ações, promover debates e enriquecer a gama de realizações em prol da causa. Queremos consolidar a Reserva Natural Salto Morato como um centro de integração da Mata Atlântica” comenta Malu Nunes, diretora executiva da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

 

O evento de inauguração do espaço contou com a presença de Miguel Krigsner e Artur Grynbaum, fundador e presidente do Conselho Curador e diretor-presidente da Fundação Grupo Boticário, respectivamente, bem como de executivos do Grupo Boticário, empresa mantenedora da Fundação. Além disso, estiveram presentes no evento representantes de instituições públicas e privadas da causa ambiental, pesquisadores e órgãos públicos ligados a iniciativas de pesquisa e conservação da natureza, como o Instituto Federal do Paraná e o Batalhão da Polícia Ambiental do Paraná.

 

São 2.253 hectares que integram a maior área contínua de Mata Atlântica no país. Foto: José Paiva

 

A Reserva Natural Salto Morato é uma Unidade de Conservação (UC) mantida pela Fundação Grupo Boticário desde 1994 e, em 1999, foi reconhecida pela Unesco como Sítio do Patrimônio Natural da Humanidade. São 2.253 hectares que integram a maior área contínua de Mata Atlântica no país, com expressiva concentração de espécies de aves que ocorrem apenas nesse bioma, sendo várias delas ameaçadas de extinção. Desde sua criação já foram identificadas na reserva 646 espécies vegetais vasculares, 93 espécies de mamíferos, 325 espécies de aves, 36 espécies de répteis, 61 espécies de anfíbios e 55 espécies de peixes.

 

Mais informações sobre disponibilidade e agendamento do espaço podem ser solicitadas pelo e-mail contato@fundacaogrupoboticario.org.br

 

Sobre a Fundação Grupo Boticário: a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é promover e realizar ações de conservação da natureza. Criada em 1990 por iniciativa do fundador de O Boticário, Miguel Krigsner, a atuação da Fundação Grupo Boticário é nacional e suas ações incluem proteção de áreas naturais, apoio a projetos de outras instituições e disseminação de conhecimento. Desde a sua criação, a Fundação Grupo Boticário já apoiou 1.510 projetos de 496 instituições em todo o Brasil. A instituição mantém duas reservas naturais, a Reserva Natural Salto Morato, na Mata Atlântica; e a Reserva Natural Serra do Tombador, no Cerrado, os dois biomas mais ameaçados do país.  Outra iniciativa é um projeto pioneiro de pagamento por serviços ambientais em regiões de manancial, o Oásis. Na internet: www.fundacaogrupoboticario.org.brwww.twitter.com/fund_boticario e www.facebook.com/fundacaogrupoboticario.

 

Posts Relacionados

Deixe um Comentário