pantanal tropeiro Turismo 

5 atrações imperdíveis no Pantanal Conheça a maior planície alagável do mundo em um passeio por Corumbá (MS).

Por: NQM COMUNICAÇÃO

 

Você tem vontade de conhecer o Pantanal, mas não sabe por onde começar? Fica tranquilo que a gente ajuda. A Ivonete Guaragni, quemora em Corumbá (MS), selecionou cinco passeios corumbaenses que você não pode perder!  A cidade fica na porta de entrada desse ambiente natural único que é a maior planície alagável do mundo. Vamos começar o passeio?

Estação Natureza Pantanal

Essa é a primeira parada! Na Estação Natureza Pantanal, que completa 10 anos em 2016, o turista tem uma visão geral sobre a região, em uma verdadeira imersão no Pantanal. Aqui é possível aprender de forma interativa e leve sobre a fauna e flora pantaneira. Localizada em um prédio histórico, de 1908, ao lado do rio Paraguai, a Estação reúne mais de 20 elementos interativos, além de fotos, áudios e uma maquete incrível que mostra como funciona o ciclo das águas. Não deixe de subir ao terceiro andar, onde é possível ter uma visão privilegiada do Rio Paraguai e toda sua beleza. A partir do conhecimento adquirido na mostra, os passeios futuros ficarão muito mais interessantes. A Estação Natureza Pantanal está localizada próximo do Casario do Porto Geral, conjunto de prédios históricos que foram restaurados e que relembram momentos de prosperidade da cidade. Vale dar uma passadinha por lá também! Ingressos: R$3 e R$1,50. Mais informações: http://www.fundacaogrupoboticario.org.br/pt/o-que-fazemos/estacao-natureza/pages/pantanal.aspx e (67) 3231-9100.

Safári fotográfico na Estrada Parque

Depois de conhecer a fauna pantaneira, é hora de vê-la no seu habitat. Uma das melhores opções é visitar a Estrada Parque que possui 120 km de extensão entre as cidades de Corumbá e Miranda e oferece dezenas de pontes para parar e observar os animais da região como jacaré, paca, capivara, tamanduá, macaco, quati e, se der sorte, até onça. A sugestão é ir com um tour organizado com guia, porque o passeio fica mais rico. Mas se quiser ir dirigindo o ideal é alugar um 4×4, pois em algumas épocas do ano – normalmente de janeiro a junho, a estrada pode conter partes alagadas. Esse é um passeio que pode ser mais demorado (cerca de quatro horas), e como todo o trecho é de estrada de chão a dica é reservar o dia e não esquecer a água, repelente e um lanchinho. Existem várias pousadas ao longo da estrada, então você pode até pernoitar por ali! Mais informações turísticas em Corumbá: (67) 3242-2471.

Passeio de barco

Ir ao Pantanal e não passear de barco é como ir ao Rio de Janeiro e não visitar o Cristo Redentor! E opções não faltam. Há desde os barcos luxuosos, com refeições incluídas até os barcos a remo em que cabem poucas pessoas. As embarcações menores são mais genuínas e o passeio fica mais interessante com aquele barqueiro pantaneiro que tem os olhos treinados para mostrar os jacarés e belas aves do Pantanal. Muitos hotéis já organizam saídas com barcos parceiros. Informe-se no seu hotel ou busque no sitewww.corumba.ms.gov.br/site/turista/4/barcos-hoteis/90/. As principais agências de turismo são JS Turismo (67) 3231-5235 / 3232-478 e Pérola do Pantanal (67) 3231-1460.

Focagem noturna

A focagem noturna é outro passeio imperdível! Podendo ser de barco ou de carro, o objetivo é visualização de animais como jacarés, cervos, lobos, e, é claro, as famosas onças! Muitos desses animais têm hábito noturno, o que facilita achá-los, e quando isso acontece, a emoção é muito grande. Essa modalidade demora em torno de 2h30 e é mais focada nos adeptos de aventura! Várias pousadas fazem esses passeios nas trilhas das propriedades ou em rios próximos. Vale a pena conferir! Mais informações turísticas em Corumbá: (67) 3242-2471.

Dia de pantaneiro

Para encerrar a nossa lista em alto estilo está o passeio a cavalo, que, segundo os pantaneiros, é a melhor forma de conhecer a região. Opções não faltam. As diversas pousadas e empresas de turismo oferecem a atração. Na Fazenda São João e na Pousada Aguapé, por exemplo, a cavalgada é o centro das atenções. Com cerca de duas horas os trajetos são por áreas alagadas, pastos, campos abertos, cordilheiras, corixos e lindas paisagens pantaneiras. Os cavalos são bem tratados e obedientes. Esse é um passeio obrigatório! Nada como se sentir um pouquinho pantaneiro, não é mesmo? Mais informações http://www.passodolontra.com.br/pousada-sao-joao ehttp://pousadaaguape.com.br/passeios/.

Posts Relacionados

Deixe um Comentário