YOGA Destaques Meio Ambiente Saúde 

Ayurveda – a vida na sua natureza mais pura

POR – *RICARDO BALSIMELLI, ESPECIAL PARA NEO MONDO

YOGA3Estamos vivendo um momento de profundas transformações no planeta. Nas últimas décadas, nós nos distanciamos da natureza e isso nos causou diversos danos (sociais, ambientais, saúde física e mental). Diante desse cenário, nunca foi tão importante encontrar meios de nos reconectarmos a ela. Pelos recursos que ela nos oferece, pela sua abundância, pela sua generosidade, e por todos os aprendizados que ela nos proporciona diariamente.

A forma que tratamos e interagimos com a natureza diz muito sobre nossos valores internos, nossa conduta e nossa ética. Uma mente equilibrada e em paz é capaz de observar o entorno, os outros e a si mesmo com amor. É capaz de ter clareza nos pensamentos, discernimento e consciência ao lidar com recursos, pessoas, emoções. Age com prosperidade e com espírito de colaboração. Cuida da terra, das pessoas e cria um ambiente harmonioso para o presente e para o futuro. Começa a fazer parte do ecossistema.

E esse olhar para fora permite um olhar para dentro mais aprofundado e consistente. Quando observamos a natureza, passamos a nos entender melhor. Quando passamos a nos entender melhor, aceitamos com mais naturalidade a pessoa que somos e os acontecimentos em nossas vidas. As estações do ano; os períodos de plantios e colheitas; o movimento das águas; a velocidade e a intensidade dos ventos, do fogo e das chuvas. Nós experimentamos tudo isso no dia-a-dia – emoções instáveis, preocupações, alegrias, tristezas, frustrações, medo, euforia, expectativas etc.

A nossa permanência neste planeta depende da nossa harmonia com a natureza de maneira simples, gerando contentamento, principal responsável pelo bem-estar orgânico e mental. E essa busca pode começar pelo Ayurveda (Veda – ciência; Ayur – longevidade) – uma série de procedimentos organizados e sistematizados pelos indianos que têm como objetivo estabelecer um equilíbrio dinâmico entre a saúde mental e a saúde do corpo, tendo como base os aspectos da natureza –  a melhor e a maior aliada ao longo do tratamento.

Nosso dia-a-dia nos proporciona uma forma de viver que é de constante mudança (sono, alimentação, estações do ano etc). O corpo (assim como a natureza) é um sistema que responde constantemente a todos os estímulos que estão acontecendo em volta dele. A saúde é o balanceamento desses estímulos dentro de sua individualidade. O Ayurveda aponta caminhos para você enxergar sua individualidade para manter sua saúde, e te dá as coordenadas para fazer essa trilha de inúmeras descobertas que te permitirão estreitar sua relação com a natureza.PAISAGEMSomos influenciados (conscientemente ou não) e influenciamos tudo à nossa volta, somos constituídos de ciclos e ritmos, assim como toda a natureza. É importante buscarmos a sincronia dos nossos ciclos internos – biológicos – com os ciclos da natureza, pois isso nos ajudará efetivamente na manutenção, ou restabelecimento, de nossa saúde, bem-estar e disposição.

Essa questão é muito relevante e é tratada nos pacientes de Ayurveda há milênios, desde seu surgimento (por volta de 12000 a.C). E recentemente ganhou destaque entre os acadêmicos e cientistas. Neste ano, os norte-americanos Jeffrey C. Hall, Michael Rosbash e Michael W. Young levaram o Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia por suas descobertas sobre o ritmo circadiano, o relógio biológico interno dos seres vivos. O ritmo circadiano antecipa as mudanças do dia e ajusta nossas funções corporais. Esse mecanismo deflagra uma série de mudanças fisiológicas que nos leva, por exemplo, a ficar mais ativos durante o dia e menos alertas durante à noite. Níveis de hormônios e todo o metabolismo também se alteram a partir desse sistema.

Mais do que uma ciência, o Ayurveda é uma filosofia. É um entendimento completo do que é a vida na sua natureza mais pura. E de maneira simples e genuína. Nós nos sentimos mais conectados conosco, com o todo, com os outros. Aprendemos a respeitar e observar os ciclos. Entendemos porque o feminino é tão sagrado. Valorizamos as plantas medicinais, os óleos vegetais, as frutas de cada época, a energia de cada ambiente. Criamos uma relação com as estações do ano, com os períodos do dia, com as fases da vida e com os elementos da natureza (água, ar, terra, fogo). Revemos nossa relação com os animais, com os astros e com o entorno. Ajustamos nossos hábitos diários. Mudamos nossa postura. Damos uma chance à meditação e ao Yoga. E, dessa forma, de forma lenta e gradual, cada um no seu tempo, promovemos a cura de desordens físicas, mentais, emocionais e espirituais.

O Ayurveda e a natureza nos reconectam, nos ensinam e nos empoderam. Entre os ensinamentos, aperfeiçoamos nossa capacidade de observar, de ter mais resiliência, de entender a impermanência das coisas. Entre os poderes, ganhamos em autocuidado, em autorresponsabilidade, somos os únicos responsáveis pelo nosso bem-estar, nos tornamos mais conscientes e temos a oportunidade de fazer sábias escolhas.

*Ricardo Balsimelli é médico com pós-graduação em Medicina Ayurvédica

YOGA1

Posts Relacionados

Deixe um Comentário