SOJA Ciência e Tecnologia 

BASF apresenta produto revolucionário para tratamento de soja.

POR – REDAÇÃO NEO MONDO

 

BASF apresenta produto revolucionário para tratamento de soja.

Com intuito de expressar o máximo do potencial produtivo e a qualidade das lavouras de soja, a BASF investe em pesquisas e soluções para o tratamento de sementes. A concretização de seus contínuos investimentos será destaque durante a 5ª edição do Congresso Brasileiro de Soja, que acontece de 19 a 22 de maio, em Goiânia (GO), quando a empresa apresentará ao mercado o Standak® Top.

Fungicida e inseticida em um único produto e com os benefícios AgCelence™, o Standak® Top se destaca pela ação rápida e eficiente no controle de fungos e das principais pragas que atacam as lavouras de soja como: lagarta elasmo; coró; torrãozinho; tamanduá-da-soja; vaquinha-verde-amarela e piolho de cobra.

Os benefícios AgCelence™ no Standak® Top apresentam excelente performance, proporcionando maior arranque (assegura rápido estabelecimento da cultura e melhor controle das ervas invasoras), maior enraizamento (capacidade da planta de absorver nutrientes do solo) e engalhamento (possibilita maior número de nós produtivos e maior número de vagens).

As pesquisas com o produto iniciaram na safra 2004/2005 por instituições renomadas como ESALQ/USP (Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”); UFSM (Universidade Federal de Santa Maria/RS) e FESURV (Fundação de Ensino Superior de Rio Verde/GO). “A BASF está mudando um conceito, trazendo para o mercado um produto com características fungicida e inseticida. O Standak® Top é uma inovação, e que vem sendo reconhecido pela comunidade científica como um produto moderno, eficiente e que aumenta a assertividade do produtor, pois atenua a possibilidade de erro na dosagem”, destaca Érico Gasparini Cardoso, Gerente de Tratamento de Sementes de Proteção de Cultivos da BASF.

O Evento

O V Congresso Brasileiro de Soja será realizado simultaneamente com o Mercosoja 2009, no Centro de Convenções de Goiânia. Promovidos pela Embrapa Soja, os eventos deverão reunir cerca de 1.600 participantes para debater as mais recentes inovações tecnológicas, pesquisas e os diversos aspectos que envolvem o agronegócio da soja no Mercosul e no mundo.

Fonte: CL-A Comunicações

Posts Relacionados

Deixe um Comentário