1407-brasil-tera-r23-milhoes-de-investimento-em-conservacao-da-natureza_materia.jpg.640x340_q85_crop Meio Ambiente 

Brasil terá R$2,3 milhões de investimento em conservação da natureza.

Por: Fundação Grupo Boticário. Foto: Haroldo Palo Jr.

Parte dos recursos será destinada para a reintrodução no ambiente natural de uma espécie de ave já extinta na natureza.

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza divulgou a lista das novas iniciativas de conservação da natureza que serão apoiadas a partir do segundo semestre deste ano. No total, serão investidos cerca de R$ 2,3 milhões em 17 novas iniciativas que acontecerão na Amazônia, Mata Atlântica, Caatinga, Pampa e ecossistema marinho. [veja lista aqui]

As pesquisas foram selecionadas por meio de duas chamadas públicas que selecionaram projetos em todo o país. Entre os escolhidos, destaca-se a iniciativa que pretende criar a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Ararinha-azul, em Curaçá (BA). O objetivo é oferecer um habitat conservado para reintroduzir a ararinha-azul (Cyanopsitta spixii) na Caatinga, ambiente natural que é exclusivamente brasileiro. A espécie é considerada extinta na natureza, restando apenas poucos exemplares em cativeiro. Esse projeto será realizado pelo Movimento Água Para Todos e Todos Pela Água (Mapta).

Outro importante projeto acontece na Amazônia e vai estudar a relação da onça-pintada (Panthera onca) com a várzea, ambiente de planície que alaga em épocas de cheias. Dessa forma, objetiva-se complementar um trabalho que vem sendo realizado pelo Instituto Piagaçu para conservar essa espécie que está amplamente ameaçada e que possui grande importância no equilíbrio da biodiversidade, por ser um animal de topo de cadeia.

Entre as inciativas apoiadas, 14 terão duração de até 24 meses e outras três, chamadas de programas, se estenderão por até 48 meses. As iniciativas com menor duração foram selecionadas por meio do tradicional Edital de Apoio a Projetos da Fundação Grupo Boticário, realizado com duas chamadas anuais desde 1990. Já os três programas foram escolhidos em um processo seletivo distinto.

Em 25 anos de atuação, a instituição já se consolidou como uma das maiores apoiadoras de projetos de conservação da natureza no Brasil. Ao todo, 1439 iniciativas de conservação da biodiversidade brasileira já foram apoiadas. Cerca de 500 unidades de conservação já foram beneficiadas por essas iniciativas, bem como 240 espécies ameaçadas de extinção.

Posts Relacionados

Deixe um Comentário