devastacao-bbc.jpg.640x340_q85_crop Cultura 

Imagens mostram devastação causada pelo homem e pela natureza.

Por: BBC. Foto: Causa e Efeito/Daniel Beltrá

Fotos foram feitas em lugares como Brasil, Groenlândia e após a passagem do furacão Katrina em Nova Orleans.

Uma exposição fotográfica no Estado americano do Novo México mostra algumas faces da devastação causada pela ocupação humana e por fenômenos naturais no planeta.

A mostra, chamada de “Causa e Efeito”, está em cartaz na galeria Verve até o dia 5 de setembro e conta com o trabalho de cinco fotógrafos de várias partes do mundo.

Em comum entre eles está a convicção de que o compartilhamento destas imagens pode ajudar a construir um mundo melhor.

“O estado frágil de nossos ecossistemas é um fio condutor de meu trabalho. É na beleza e na complexidade da natureza que tiro encontro minha inspiração”, disse Daniel Beltrá, fotógrafo espanhol que vive em Seattle, nos Estados Unidos, e participa da exposição.

“Minhas fotografias mostram a vasta transformação que nosso mundo está sofrendo devidos às pressões criadas pelo homem.”

Uma castanheira caída em meio a um campo de soja criado a partir da derrubada de árvores na Floresta Amazônica, no Brasil. Esta árvore está protegida pela lei brasileira. Beltrá, o autor da imagem, fotografa as mudanças na floresta desde 2001. As fotos documentam a queimada de milhares de árvores em áreas de mata virgem (Foto: Causa e Efeito/Daniel Beltrá)Uma castanheira caída em meio a um campo de soja criado a partir da derrubada de árvores na Floresta Amazônica, no Brasil. Esta árvore está protegida pela lei brasileira. Beltrá, o autor da imagem, fotografa as mudanças na floresta desde 2001. As fotos documentam a queimada de milhares de árvores em áreas de mata virgem (Foto: Causa e Efeito/Daniel Beltrá)
Esta imagem, feita por James Balog na Islândia, em 2009, mostra o "diamante de gelo" que chegou até a costa de uma lagoa de água salgada em Jökulsárlón (Foto: Causa e Efeito/James Balog)Esta imagem, feita por James Balog na Islândia, em 2009, mostra o “diamante de gelo” que chegou até a costa de uma lagoa de água salgada em Jökulsárlón (Foto: Causa e Efeito/James Balog)
Esta foto registra os blocos de gelo que se elevam a 60 metros da superfície da água, flutuando no Atlântico Norte. A foto foi feita na Groenlândia, em 2007, por James Balog (Foto: Causa e Efeito/James Balog)Esta foto registra os blocos de gelo que se elevam a 60 metros da superfície da água, flutuando no Atlântico Norte. A foto foi feita na Groenlândia, em 2007, por James Balog (Foto: Causa e Efeito/James Balog)
A imagem mostra a Classe 112, da escola Warren Easton High School, em Nova Orleans, Louisiana e foi feita em abril de 2006. Nova Orleans foi um dos lugares mais afetados pelo furacão Katrina em 2005 (Foto: Causa e Efeito/Wyatt Gallery)A imagem mostra a Classe 112, da escola Warren Easton High School, em Nova Orleans, Louisiana e foi feita em abril de 2006. Nova Orleans foi um dos lugares mais afetados pelo furacão Katrina em 2005 (Foto: Causa e Efeito/Wyatt Gallery)
Outra foto de Wyatt Gallery que mostra a devastação do furacão Katrina nos Estados Unidos (Foto: Causa e Efeito/Wyatt Gallery)Outra foto de Wyatt Gallery que mostra a devastação do furacão Katrina nos Estados Unidos (Foto: Causa e Efeito/Wyatt Gallery)
Esta foto da série do mexicano Alejandro Durán, chamada "Washed up", que se concentra no problema da contaminação dos oceanos com plástico. Na imagem acima, garrafas de plástico que atravessaram o mar até chegar a Sian Ka'an, a maior reserva protegida pelo governo do México na costa caribenha (Foto: Causa e Efeito/Alejandro Durán)Esta foto da série do mexicano Alejandro Durán, chamada “Washed up”, que se concentra no problema da contaminação dos oceanos com plástico. Na imagem acima, garrafas de plástico que atravessaram o mar até chegar a Sian Ka’an, a maior reserva protegida pelo governo do México na costa caribenha (Foto: Causa e Efeito/Alejandro Durán)

Posts Relacionados

Deixe um Comentário