IMG_4267 - Copia Destaques Economia e Negócios Educação Meio Ambiente Turismo 

MANGUE GARANTE O EQUILÍBRIO DA NATUREZA

POR – ELENI LOPES DIRETORA DE REDAÇÃO DE NEO MONDO

FOTOS – OSCAR LOPES LUIZ

Considerado um dos ecossistemas mais produtivos do planeta, os mangues contribuem para a biodiversidade, asseguram a integridade ambiental da faixa costeira e são responsáveis pelo fornecimento dos recursos e serviços ambientais que sustentam atividades econômicas. O Brasil abriga a terceira maior área de manguezais do planeta (162 mil km²). No entanto, um deles localizado na vila de Sagi (RN), a última praia do litoral sul do Rio Grande do Norte, quase divisa com a Paraíba, merece um destaque especial (leia também nossa matéria exclusiva sobre Sagi: http://www.neomondo.org.br/sagi-rn-o-paraiso-ainda-resiste/).

E o que faz o mangue do Rio Sagi se diferenciar dos demais? Sua preservação única, resultado da conscientização da riqueza e da importância deste ecossistema. Para os nativos, o mangue está tâo intríseco à natureza e equilíbrio da diversidade da região, que eles atuam como verdadeiros guardiões, impedindo a pesca de caranguejos e demais animais do manguezal, bem como o corte e fragmentação da cobertura vegetal. O ecossistema é ali usado apenas usado como fonte de renda para passeios turísticos.

IMG_4358

NEO MONDO tomou um barco para conhecer o mangue do Rio Sagi em companhia do guia “CARANGUEJO”, que ganhou este nome por não apreciar o sabor do crustáceo (segundo ele, por ser “difícil de comer”) e lhe valeu o apelido por aporrinhação de amigos. Ao contrário dos demais manguezais, não há o odor forte de decomposição nem mosquitos, isso porque ali não há poluição e nem fatores que causam alterações nas propriedades físicas, químicas e biológicas das águas, como aterro, desmatamento, queimadas, lixo, lançamento de esgoto e de efluentes industriais e pesca predatória. O passeio se dá por meio das árvores, por águas limpas e cristalinas, ao som dos pássaros e natureza local, interrompido poucas vezes pela voz do guia, que, em sua simplicidade, compartilha um pouco do seu conhecimento adquirido na vivência diária.

IMG_4271

Cerca de 70% das espécies de peixes, moluscos e crustáceos pescados comercialmente no litoral brasileiro têm relação com os manguezais em alguma fase de sua vida. É nessa área que encontram as condições ideais para reprodução, berçário, criadouro e abrigo para várias espécies de fauna aquática e terrestre, de valor ecológico e econômico. Esse ecossistema também serve de refúgio para aves migratórias. A vegetação dessas áreas serve para fixar as terras, impedindo assim a erosão e, ao mesmo tempo, estabilizando a costa. As raízes do mangue funcionam como filtros na retenção dos sedimentos. Constitui, ainda, importante banco genético para a recuperação de áreas degradadas.

Acompanhe, abaixo, um passeio exclusivo pela águas do mangue do Rio Sagi, bem como fotos deste local de natureza única.

 

Posts Relacionados

Deixe um Comentário