Corrida_5.jpg.640x340_q85_crop Esportes 

Rede Energia investe no Esporte e ganha prêmio Social

No dia 5 de abril, 593 candidatos se reuniram para disputar a Seletiva II.

Desde 2001, a empresa conta com importante braço na área de projetos sociais: a Fundação Aquarela, cuja missão é “a formação do cidadão brasileiro”, tendo a educação e o esporte como principais ferramentas. São três os grandes projetos da Fundação: a Escola Nuremberg Borja de Brito Filho, localizada em Belém, no Pará; o Cidadania no Campo e o Rede Atletismo, ambos em Bragança Paulista, interior de São Paulo.

O Prêmio Top Social 2009, oferecido pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB), contemplou um programa desenvolvido pelo Rede Atletismo: o Novos Talentos, cuja função é promover a descoberta de jovens talentos entre 14 e 17 anos para serem formados no CNEE (Centro Nacional de Excelência Esportiva), também desenvolvido pela Fundação.

“Na verdade, é nosso terceiro Top Social. O primeiro foi no âmbito estadual e o segundo no Nacional, com o projeto da Escola Nuremberg Borja de Brito Filho. Este ano, foi a primeira vez que inscrevemos o REDE Atletismo e já somos reconhecidos, o que nos dá uma alegria enorme pela grande credibilidade do prêmio. O REDE Atletismo Novos Talentos é muito ousado, amplo e complexo, e estas características devem ter influenciado nessa escolha”, analisou a vice-presidente da Fundação, Regina Rusca Queiroz de Moraes.

Criado a menos de um ano (o piloto foi lançado em outubro de 2008), o Novos Talentos apresentou, em pouco tempo, números realmente dignos de premiação. A primeira etapa do projeto foi a instalação de 149 postos de cadastro em 144 municípios da área de concessão da Rede Energia para preenchimento da ficha de inscrição. Posteriormente, o candidato inscrito passava pela avaliação da ficha, medição de seu peso, altura e envergadura; e pelos testes físicos – salto horizontal parado e corrida de 20 metros. Dos 16.079 cadastros feitos, 4.866 deles foram considerados válidos e passaram pelo processo de homologação para a Seletiva I.

No dia 5 de abril, em cinco estados brasileiros – São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Pará – 593 candidatos se reuniram para disputar a Seletiva II.

Logo após a prova, o resultado foi exibido simultaneamente para todos os locais de testes em telões e foram conhecidos os 195 candidatos a serem homologados para a grande ?nal.

A terceira e última etapa, que de?niu os 60 novos atletas integrantes da Rede Atletismo, aconteceu em 30 de junho, dessa vez apenas em São Paulo. Os testes realizados foram corrida de 75m, salto em distância, corrida de 1000m e lançamento de pelota. Os selecionados receberão bolsa de estudo, bolsa-auxílio, assistência médica e odontológica, moradia, transporte e alimentação. “Costumamos brincar que o Novos Talentos é projeto de governo. Infelizmente, ainda não contamos com qualquer apoio a nível nacional, mesmo tendo apresentado o projeto e convidado autoridades das diversas entidades que nos poderiam ajudar. Quem respondeu com muita força, além de nossas expectativas, foram as escolas Estaduais, Universidades Federais, secretários de esporte e educação, especialmente da região central e norte. Muitos técnicos de atletismo acreditaram no projeto e apresentaram e apoiaram seu atletas, cuja maioria treina atualmente com pouquíssimas condições. E, acima de tudo, é impressionante a resposta dos colaboradores REDE Energia. Desde auxiliares administrativos até os Vice-presidentes das empresas, o projeto envolveu, emocionou e contou com a força desse time que é diretamente responsável por esse prêmio”, conta a vice-presidente Regina.

Certamente, toda essa doação e empenho dos envolvidos servirá de estímulo para que estes talentos descobertos pelo Brasil afora venham a se tornar futuros campeões.

Para entender

• A Rede Energia atua na geração, distribuição e comercialização de energia em 34% do território brasileiro. Possui 13.200 colaboradores diretos e indiretos e está no setor elétrico há 106 anos;

• Desde 2001, a empresa conta com a Fundação Aquarela, instituição desenvolvida e mantida pela Rede para o desenvolvimento de projetos sociais na área de educação e esportes;

• A Fundação possui três projetos: a Escola Nuremberg Borja de Brito Filho, localizada em Belém, PA; o Cidadania no Campo e o Rede Atletismo, ambos em Bragança Paulista, SP;

• O Rede Atletismo, iniciado em 2007, é uma iniciativa de longo prazo que quer promover uma revolução no atletismo brasileiro, dando condições para que o jovem faça dele seu projeto de vida e se torne um campeão. Suas ações se dão por meio de três programas:

Rede Atletismo Performance – propõe-se a desenvolver atletas de alto rendimento em várias modalidades do atletismo, oferecendo treinamento com pro?ssionais de primeira linha, buscando sempre a excelência esportiva, títulos e medalhas no Troféu Brasil e nas principais provas internacionais. Atualmente, a equipe é composta por 82 atletas, dentre eles a medalhista olímpica Maurren Maggi.

Rede Atletismo Futuro – possui como objetivo disseminar e incentivar a iniciação de crianças e adolescentes no atletismo por meio de parcerias com administrações municipais, projetos sociais, escolas públicas e privadas, além de universidades.

Rede Novos Talentos – Promover a descoberta de 60 novos talentos (jovens entre 14 e 17 anos), em cidades situadas nas áreas de concessão das empresas da Rede Energia, para treinar no Centro Nacional de Excelência Esportiva (CNEE), em Bragança Paulista. Este projeto foi o vencedor do prêmio Top Social 2009.

Posts Relacionados

Deixe um Comentário