CRESCIMENTO1 Economia e Negócios Saúde Segurança 

Santo André tem saldo positivo de empregos pelo sétimo mês consecutivo

POR – RENAN MUNIZ (PSA)

PREFSA

Segundo dados do Caged, cidade também é a que mais gerou empregos de janeiro a outubro deste ano no ABC

CRESCIMENTO

Pelo sétimo mês consecutivo, Santo André tem o que comemorar quando o assunto é geração de emprego. Segundo dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, a cidade teve saldo positivo de 319 empregos formais no mês de outubro e, na comparação com as demais cidades do ABC, novamente tem o melhor saldo no acumulado do ano, com 1.396 vagas geradas.

 Ao todo, Santo André teve 5.656 admissões contra 5.337 desligamentos no mês de outubro, com destaque para a área de serviços, que gerou 323 novas vagas, seguido pela indústria de transformação, com 56 novos postos. Desde março, a cidade não apresenta resultados negativos na geração de empregos formais. De lá para cá, o município gerou 2.315 empregos, 840 vagas a mais que São Caetano, segunda cidade da região com melhor saldo no período, com 1.475 empregos gerados.

O prefeito Paulo Serra lembra que a retomada na geração de emprego sempre foi uma das prioridades da atual gestão. “Assumimos a administração com um índice de desemprego bem superior ao de contratações e aos poucos estamos conseguindo reverter esse cenário, mesmo em tempos economicamente difíceis que o país enfrenta. Gerar oportunidades de emprego só favorece a nossa cidade, porque retomamos a dignidade dos nossos munícipes e o colocamos novamente em condições de fazer o dinheiro circular na cidade”, disse o prefeito.

CRESCIMENTO3

Ao comparar com as demais cidades do ABC, o desempenho positivo de Santo André fica ainda mais nítido. O município foi responsável por quase 30% das 1.145 vagas criadas pelas sete cidades no mês de outubro. No ano, a região gerou 812 novos postos de trabalho, enquanto isoladamente Santo André atingiu 1.396 contratações.

Um dos fatores que influenciou no avanço da oferta de emprego formal na cidade, foi a reabertura da Sala do Empreendedor e do Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda (CPETR), no mês passado. Após esforços da atual administração, os dois espaços abriram suas portas em uma estrutura conjunta, de forma com que sejam alinhadas as políticas de suporte ao empreendedor, qualificação e busca de recolocação profissional. Só na última semana, a cidade ofereceu 213 vagas de emprego, sendo 153 localizadas pela CPETR. Entre as oportunidades, vale destacar que 50 vagas foram destinadas para portadores de necessidades especiais.

O desenvolvimento econômico da cidade é uma das prioridades da atual gestão, que segue buscando parcerias com a iniciativa privada para ampliar os resultados do município. Santo André está entre as 100 maiores cidades do país, ocupando o 22º lugar como cidade brasileira com maior desempenho, sendo a 14ª no estado de São Paulo. No IDGM entre 2005 e 2015, a cidade passou da 55ª posição para 33ª em saúde, além do grande salto em segurança, tendo passado da 45ª posição para a 6ª. Com PIB de R$ 28,1 bilhões em 2014, o município está entre as 10 maiores economias do estado.

CRESCIMENTO2

Posts Relacionados

Deixe um Comentário