eolica3 Destaques Sustentabilidade 

Energias renováveis: um grande potencial a ser explorado no Brasil

POR – CENTRAL PRESS Especialistas sugerem a mescla de fontes renováveis e tradicionais na matriz energética em prol da segurança e da confiabilidade do sistema brasileiro XXIV Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (SNPTEE) aconteceu na última semana, em Curitiba Crédito: Luciana Sálvaro/Central Press Em agosto de 2017, a energia eólica chegou a responder por 10% da produção de energia do país – é a primeira vez que a fonte atinge dois dígitos da geração brasileira, conforme informações da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e…

Leia Mais
eletricidade Destaques Economia e Negócios 

Produção de eletricidade por biomassa aumentará com inauguração de subestação da CPFL

POR – AMBIENTE ENERGIA   Foi inaugurada no dia 14 de setembro, a subestação (SE) Morro Agudo, no município de mesmo nome na região nordeste do Estado. O empreendimento faz parte do programa da Secretaria de Energia e Mineração chamado “São Paulo na Rede Elétrica”, que beneficiará a exportação de energia elétrica das usinas sucroenergética a biomassa das regiões de Ribeirão Preto, Franca e Barretos. A Secretaria de Energia e Mineração de São Paulo mapeou as 201 usinas existentes no Estado e identificou a sua produção, consumo e exportação de energia…

Leia Mais
eolica1 Destaques Economia e Negócios Sustentabilidade 

DE VENTO EM POPA, BRASIL ULTRAPASSA A ITÁLIA

POR – AMBIENTE ENERGIA     Capacidade acumulada de energia eólica no Brasil atinge 12GW. A fonte de geração de energia eólica atingiu 12 gigawatts (GW) de capacidade acumulada no Brasil. O patamar foi anunciado na abertura da 8ª edição do Brazil Windpower, o maior evento de energia eólica da América Latina. Com a capacidade acumulada de 12GW, o Brasil passou de 10º para a 9º lugar no ranking mundial dos principais países geradores de energia eólica e ultrapassou a Itália. Do ano passado para este houve um acréscimo de…

Leia Mais
vento Ciência e Tecnologia Destaques Economia e Negócios 

VENTO E SOL COMO ALTERNATIVAS

POR – VERDELHO ASSOCIADOS   Com uma das energias mais caras do mundo, investimentos em fontes renováveis são estratégicos para o país otimizar sua economia. O Brasil tem uma das energias mais caras do mundo: R$ 402,26 por megawatt (MW) / hora. O que significa um valor 46% superior à média praticada. Neste preço estão incluídos altos impostos e o custo elevado de operação das usinas hidrelétricas e termelétricas. Só para dar uma noção do quanto custa nossa energia, enquanto no Brasil a unidade do gás sai a 25 dólares,…

Leia Mais