CAFE3 Destaques Economia e Negócios 

Consumo de café na China triplica nos últimos seis anos

POR No Reino Unido consumo per capita de café deverá ultrapassar chá preto até 2021 O consumo de café na China, cujo mercado é estimado atualmente em mais de US$ 1 bilhão ao ano, passou de 1,1 milhão de sacas em 2011/2012 para 3,2 milhões de sacas em 2016/2017, ou seja, praticamente triplicou nos últimos seis anos. Esses números apontam que a demanda por café nesse país cresce cerca de 16% ao ano, enquanto que o consumo mundial registrou aumento de aproximadamente 2% em dez anos, particularmente no período de…

Leia Mais
PINGA1 Destaques Turismo 

Cachaça é tema de vários circuitos turísticos pelo Brasil; programe-se

POR – PORTAL BRASIL Cidades como Paraty (RJ), Areia (PB) e Betim (MG) realizam eventos para apreciadores da bebida Uma das bebidas mais antigas do País é também preferência nacional. A cachaça começou a ser produzida no Brasil com a vinda dos portugueses, nos engenhos de açúcar, em 1516. Hoje, a bebida é fabricada em diversas regiões que integram um circuito da cachaça. Um dos principais destinos dos apreciadores da aguardente é Minas Gerais, que instituiu o Circuito Turístico da Cachaça nas cidades de Salinas, Taiobeiras, Rubelita, Fruta de Leite…

Leia Mais
abelha3 Destaques Economia e Negócios Meio Ambiente 

PROCURAM-SE “OPERÁRIAS”

POR – REDAÇÃO NEO MONDO  Sumiço das abelhas  ameaça a posição de destaque do Brasil no ranking  dos produtores e exportadores de mel No mundo inteiro há casos de desaparecimento das abelhas e para cada um, uma nova explicação.  Ligadas a uma imagem tão meiga por proliferar flores e frutos, as abelhas estão sendo alvos da mídia do mundo inteiro que faz a seguinte pergunta: Aonde elas foram parar? França, Inglaterra, EUA, Canadá, Espanha, Suíça e Brasil estão sofrendo com o desaparecimento súbito e sem rastro das abelhas, esse fenômeno que…

Leia Mais
crescimento1 Destaques Economia e Negócios 

Aumento das importações aponta para reaquecimento econômico, diz secretário

POR – AGÊNCIA BRASIL O crescimento pelo segundo mês consecutivo das importações brasileiras de bens de capital (máquinas e equipamentos usados na produção industrial) pode ser resultado de um reaquecimento da economia, avaliou hoje (2) Abrão Neto, secretário de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços As compras de bens de capital por importadores brasileiros cresceram 34,5% na comparação com setembro do ano passado. Em agosto, já haviam registrado elevação anual de 6,6%. A elevação ocorreu em áreas como veículos de carga, energia renovável e nos setores…

Leia Mais