Islândia abre caminho para igualdade salarial entre homens e mulheres

POR – ONU / NEO MONDO A nova lei islandesa exige que todas as empresas e instituições com 25 ou mais funcionários obtenham um certificado de pagamento igualitário. As empresas devem mostrar que classificaram empregos de acordo com o mesmo valor e, posteriormente, que estabeleceram salários igualitários Reykjavík, capital da Islândia. Foto: Hugi Ólafsson/Flickr/CC A Islândia está dando ao mundo um exemplo de igualdade salarial que outros países devem seguir, de acordo com especialistas da ONU em direitos humanos. “A Islândia está liderando a luta contra a discriminação de gênero com uma…

Leia Mais