pato Destaques Sustentabilidade 

Unilever se compromete a ter 100% de suas embalagens reutilizáveis até 2025

POR – ELENI LOPES, DIRETORA DE REDAÇÃO Empresa também se comprometeu a reduzir em um terço o peso das embalagens até 2020 A Unilever anunciou o compromisso de ter 100% de suas embalagens de plástico reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis até 2025. Além disso, a companhia também se comprometeu a reduzir em um terço o peso das embalagens até 2020 e a aumentar em ao menos 25% a utilização de plástico reciclado nas embalagens até 2025 (tendo como ano-base 2015). As iniciativas reiteram o compromisso da companhia com a Global Goal…

Leia Mais
manga1 Ciência e Tecnologia Destaques 

Embrapa desenvolve plástico do caroço de manga por meio de nanotecnologia

POR – ELENI LOPES, DIRETORA DE REDAÇÃO Estudos mostram que os biopolímeros naturais levam apenas cerca de dois meses para se decompor no meio ambiente, enquanto os polímeros gerados por petróleo levam mais de 100 anos, em média Foto – Edla Lima Que o plástico foi fundamental para garantir uma maior longevidade dos alimentos dos campos até a chegada nas mesas dos consumidores e revolucionar a vida moderna pela flexibilidade de suas inúmeras aplicações, de brinquedos e bijuterias até peças de computador e de automóveis, todos sabem.  No entanto, seu…

Leia Mais
OCEANO1 Destaques Meio Ambiente 

Brasil adere à campanha global Mares Limpos

POR – ASCOM/MMA   Em Nova York, Sarney Filho anuncia adesão do país à iniciativa das Nações Unidas. Objetivo é combater a concentração de plásticos nos oceanos. O governo brasileiro fará parte da campanha global Mares Limpos, encabeçada pelas Nações Unidas para combater o lixo nos oceanos. O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, anunciou a adesão do país à iniciativa nessa terça-feira (19/09), em Nova York, em reunião à margem da 72ª Assembleia Geral da ONU. A campanha tem o objetivo de promover, durante cinco anos, ações para conter…

Leia Mais
LIXO Ciência e Tecnologia Destaques Meio Ambiente 

LIXO GERA ENERGIA

POR – CENTRAL PRESS   Universitários transformam lixo orgânico em fontes de energia limpas. Projeto reconhecido internacionalmente traz diferenciais em relação a produtos similares existentes no mercado Lixo, restos de comida, descarte de podas de árvores, plásticos e pneu. Um reator chamado BioWatt++ transforma tudo isso em fontes de energia como carvão, biocombustível, ácidos orgânicos (empregados na produção de detergentes e fertilizantes agrícolas) e gás natural sintético, que pode ser utilizado na alimentação de caldeiras industriais, veículos e até fogão residencial. E com um diferencial em relação a concorrentes que…

Leia Mais